Como é feito o seu biquini

por Adriana

 

Voce sabe como é feito o seu biquini? De que material? Veja:
 
"Com mais de 9.000 km de mar e areia, o Brasil é um dos países que mais chama a atenção pela moda praia. Atualmente, ele é referência na produção de biquínis, que são conhecidos e desejados no mundo inteiro. Em 2010 mais de 89 milhões de biquínis, maiôs e sungas foram produzidos no Brasil. Estima-se que 8% da produção nacional é destinada a exportação.
A moda praia é democrática, oferecendo inúmeras modelagens para se adequar ao estilo de cada mulher. Em toda a sua produção, até chegar às areias, são sempre levadas em consideração: o ajuste perfeito ao corpo, caimento e durabilidade das peças. Vamos mergulhar na trajetória desta peça ícone do Brasil, do fio à praia, em 6 etapas principais.
Os biquínis tem como matéria prima principal, a combinação entre nylon ou poliamida com fio LYCRA Xtralife. Os fios são produzidos durante a fiação, onde a base polímero passa por um processo de derretimento e aplicação de aditivos, para que ele tenha maior resistência a água clorada, a quebra, ao esgarçamento , aos raios UV e protetores solares. Neste processo a textura também é ajustada, variando titulo e brilho.
As matérias primas são colocadas em bobinas que passam pelo pente até que se cria um lençol de fios no processo de urdimento que depois é enrolado até que se torne o carretel urdido. Os carretéis são colocados nas máquinas para serem tecidos. Na malharia kettensthul a construção do tecido é feita a partir do entrelaçamento dos fios que são alimentados na máquina por meio de carretéis de urdume. Esse tipo de malharia por urdume tem como vantagem maior estabilidade e durabilidade para que a malha fique indesmalhável. Neste maquinário também é produzida a charmeuse, construção lisa e clássica do tecido de biquínis.
A malha pronta passa pelo processo de tinturaria ou estamparia para resultados diferenciados. Na máquina lavadora se dá o primeiro processo da tinturaria, a lavagem tira toda as impurezas do tecido. A malha limpa é tratada com temperatura na rama para adquirir estabilidade dimensional e para não encolher. Em seguida ela é tingida. O tingimento é feito em máquinas variadas dependendo do resultado esperado. Para finalizar esta etapa, a malha tingida é colocada na rama para a secagem e ajustes finais de largura e gramatura.
A estampa é feita a quadro ou a cilindro, diferentes maquinários de estamparia. Ela também pode ser feita com o processo digital e impressão, trabalhando com menor quantidade de tecido e com mais possibilidades de cores e efeitos. A malha já estampada é vaporizada, afim de fixar o corante, evitando também o desbotamento. Depois ela é lavada e secada na rama.
É fundamental antes do corte descansar o tecido de 24 a 48hs para estabilizá-lo pois ele acaba de chegar do intenso processo de estamparia ou tinturaria. Depois o tecido passa pela mesa de corte onde é enfestado para receber as marcações da medidas exata de como será cortado, garantindo assim a modelagem correta. Para isso, uma cópia do molde da peça é colocada no sistema da máquina que faz o corte. O tecido é cortado em um dos milhares de modelos existentes e costurado com o forro na parte interna se tornando biquíni ou maio. A costura pode ser feita em máquinas diferentes dependendo do modelo final: overlock, elastiqueira e reta. As peças prontas são etiquetadas e embaladas para enfim serem vendidas Brasil afora.
Atualmente tecidos inteligentes estão sendo produzidos, agregando novas tecnologias e benefícios funcionais, como secagem mais rápida, compressão localizada, maior durabilidade e resistência e gerenciamento térmico.
O biquíni, com mais de 60 anos de praia, passa por uma longa estrada até chegar no mar, ressaltando a sua importância na moda e na cultura brasileira, onde já está incorporado do norte ao sul."
 
A Fabricação da Moda Praia - LYCRA® Future Designers 2011 LYCRA® é marca registrada da Invista.
fonte: www.youtube.com/watch?v=T0NjJ4Na5qg

Tá bombando